Inteligência Artificial

Apple apresenta nova Siri com IA generativa e integração com ChatGPT

A nova atualização promete maior naturalidade e utilidade para a combalida assistente pessoal, e recurso que permite consultar o chatbot da OpenAI no MacOS e iPhone

Publicado em 10 de junho de 2024 às 15h32.

Última atualização em 10 de junho de 2024 às 16h15.

Tudo sobreApple
Saiba mais

A Apple anunciou hoje, no evento de novidades da empresa WWDC, uma nova versão da assistente pessoal Siri, aprimorada com modelos de IA generativa da Apple Intelligence. A atualização promete tornar o assistente virtual mais natural e útil.

A Siri apresenta uma nova interface, que inclui um brilho ao redor da borda do dispositivo. As respostas agora aparecem chats, similar ao que é visto em outras IAs assistentes, como o Copilot, da Microsoft.

iPhone terá sistema de IA próprio e pastas bloqueadas por senhas; veja outras novidades

"Queremos ter certeza de que o resultado seja poderoso, intuitivo e integrado. Tem que entender e estar fundamentado em seu contexto pessoal, como sua rotina, seus relacionamentos, comunicações e muito mais. E claro, tem que ter privacidade", disse Tim Cook durante o painel no WWDC. "Tudo isso vai além da inteligência artificial. É inteligência pessoal e é o grande próximo passo da Apple".

Apple reformula Siri: inteligência artificial para tornar a assistente mais útil (Apple/Reprodução)

A nova versão da Siri entenderá o contexto das conversas, eliminando a necessidade de repetir informações em pedidos subsequentes. A Apple afirma que "a Siri será capaz de encontrar e entender coisas que nunca conseguiu antes".

O assistente terá consciência do que está na tela do dispositivo, podendo realizar ações dentro de aplicativos. Em uma demonstração, a Apple mostrou a Siri editando uma imagem no aplicativo Fotos mediante solicitação.

Além disso, a Siri terá um conhecimento mais aprofundado dos produtos Apple, permitindo que os usuários solicitem ajuda específica para seus dispositivos. Por exemplo, perguntar "como posso escrever uma mensagem agora e enviá-la amanhã" fornecerá instruções sobre a nova funcionalidade de envio agendado no iOS 18 Messages.

Para garantir personalização e privacidade, a Apple afirma que a IA vai coletar dados de usuários para otimizar a experiência, mas nunca compartilhá-los. Um exemplo é o recurso de recapitulação inteligente, que fornece resumos de notificações perdidas, mensagens de texto, páginas da web, artigos de notícias, documentos e outras formas de mídia.

ChatGPT integrado nos sistemas da Apple

Outra novidade aguardada foi confirmada. Depois de um vagaroso namoro entre a fabricante do iPhone e a empresa do ChatGPT, a OpenAI, a Apple anunciou uma integração que permite usar o chatbot de forma integrada com os sistemas operacionais da Apple.

Uma vez conectados, os usuários podem selecionar ChatGPT como modelo para usar dentro do Siri e como parte das novas ferramentas de escrita inteligente e outros recursos do iOS 18, iPadOS 18 e macOS Sequoia.

A integração ChatGPT estende a funcionalidade gratuita do Apple Intelligence integrada ao sistema operacional. Por exemplo, se você fizer uma pergunta ao Siri que ele não consegue responder, ele poderá passar para o ChatGPT para responder à consulta.

Os usuários podem aproveitar as cotas gratuitas usuais para uso do ChatGPT ou conectar suas assinaturas pagas para usar os benefícios do ChatGPT Plus.

A Apple indicou que está trabalhando em parcerias com outros fabricantes de modelos de IA para oferecer aos usuários mais opções no futuro. Portanto, embora o ChatGPT da OpenAI seja a única opção para começar, espera-se Google Gemini e outros modelos sejam oferecidos no futuro.

Essas funcionalidades serão implementadas de forma gradual, com novas capacidades sendo adicionadas durante o ciclo de vida do iOS 18, em 2025.

Conheça a sede da Apple

Acompanhe tudo sobre:AppleInteligência artificial

Mais de Inteligência Artificial

Nova IA para Alexa? Amazon vai atualizar serviço e pretende cobrar por isso, diz site

A IA no cotidiano: entre a produtividade e o riso

OpenAI melhora processo de recrutamento por temer espiões chineses

A inteligência artificial consegue contar boas piadas? Pesquisadores fizeram o teste

Mais na Exame