Mundo

Incêndio atinge fábrica de baterias de lítio na Coreia do Sul; resgate busca por 19 desaparecidos

Informações não oficiais dão conta de uma vítima fatal

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 24 de junho de 2024 às 08h07.

Um incêndio atingiu, nesta segunda-feira, 24, uma fábrica de lítio na Coreia do Sul. Informações não oficiais dão conta de que uma pessoa morreu e 19 estão desaparecidas, segundo informou a agência de notícias Yonhap.

“Ainda há muitas pessoas cujo paradeiro é desconhecido, o número de vítimas provavelmente aumentará”, disse um bombeiro à Yonhap. A origem do incêndio é desconhecida.

A fábrica da Aricell, principal fabricante de baterias da Coreia do Sul, está localizada em Hwaseong, ao sul de Seul.

Uma pessoa teve “parada cardíaca” e outra ficou gravemente ferida, relatou a Yonhap.

A Coreia do Sul é um grande produtor de baterias, incluindo para veículos elétricos. Suas empresas do setor fornecem baterias para fabricantes de carros elétricos em todo o mundo, como a Tesla.

 

Acompanhe tudo sobre:Coreia do Sul

Mais de Mundo

Dois dias após atentado, Trump faz primeira aparição pública na Convenção Republicana

Biden ordena fornecimento de aparato de segurança para Kennedy Jr. e reforço para o de Trump

Site de Trump usa imagem de seu rosto ensanguentado para arrecadar fundos após atentado

Bolívia anuncia descoberta de megacampo de gás natural

Mais na Exame